segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Marinor na luta!

SENADORA PARTICIPA DE ATO A CONTRA A VIOLÊNCIA EM MOSQUEIRO

Lideranças de Mosqueiro e senadora Marinor Brito
A senadora Marinor Brito, líder do PSOL no Senado, participou no sábado (19) de um ato de protesto contra a violência a homossexuais no distrito de Mosqueiro (70 Km de Belém), que nos últimos meses causou o assassinato de Edmilson de Jesus Ferreira, 40 anos, integrante do movimento LGBTT e Pedro Ferreira Barata, 49 anos. Os assassinatos, sugundo investigações, foram praticados com características homofóbicas e com muita repercussão no distrito.
Senadora Marinor Brito e Paulo Duarte (MHB)
O ato, organizado pelo MHB (Movimento de homossexuais de Belém), foi representativo e contou com diversas entidades de  movimentos sociais de Mosqueiro e também ligadas aos movimentos LGBTT (lésbicas, gays, transsexuais e transgêneros) do Pará, entre eles, Paulo Duarte e Marcos Vinícius do MHB.
Senadora marinor Brito e Marcos Vinícius.
-Este ato é um ato especial, para uma causa especial que é garantir o direito das pessoas de amarem a quem  quiserem; de amar uma pessoa, independente de ser ou não do mesmo sexo. Nosso mandato teve a coragem de enfrentar esse debate no senado federal e usar da tribuna para defender a rearticulação da frente parlamentar pela cidadania LGBTT - declarou, Marinor.
- Já fomos ao STF (Supremo Tribunal Federal) e em audiência com os ministros Ayres Britto e Ellen Gracie tratamos celeridade da tramitação da arguição de descumprimento de preceito fundamental - ADPF 132/RJ. A argüição, pede ao STF que declare que o regime jurídico da união estável seja aplicado também para relações homoafetivas e o julgamento deve ocorrer até agosto deste ano - disse a senadora.
-Eu tenho me empenhado em cobrar da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Pará, assim como do delegado Armando Mourão, responsavél pela segurança no distrito de Mosqueiro, para que prenda os responsáveis pela violência brutal que vitimou Edmilson Ferreira e Pedro Barata. Cobrei agilidade na apuração e imediata prisão dos envolvidos, finalizou a senadora.  

4 comentários:

Anônimo disse...

Sempre desconfiei um pouquinho de vc Ribamar!

Anônimo disse...

Sempre desconfiei um pouquinho de vc Ribamar!

www.ribamarribeirojunior.blogspot.com disse...

Ao anônimo 11:20

Aind anão comi tua mãe, mas vou traçá-la, fique frio!!!

www.ribamarribeirojunior.blogspot.com disse...

Ao anônimo 11:20

Aguarde a tua irmã será comida tb, depois envio as fotos pra te bater uma.....

Seu filho da puta!