segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Cadê os médicos?

A falta de médicos continua sendo um dos principais problemas da saúde pública em Marabá. No Brasil uma pesquisa feita pelo IPEA e divulgada recentemente levantou que 51,8% da população apontam a falta de médicos como o maior problema do SUS, a demora no atendimento foi a segunda maior 35,4%. A terceira ficou com a demora para conseguir uma consulta com especialista 33, 8%.

No último sábado o foi um verdadeiro pandemônio a situação no HMM, pacientes acionaram vereadores que aciounou até o promotor. Dos quatro palantonista, nenhum compareceu para o trabalho. Só depois de muita intervenção extra-hospitalar.

O reflexo da pesquisa do IPEA que caracteriza os municípios braisleiros e castiga cada cidadão que necessita de um atendimento médico deve ser repensando, afinal o curso de medicina o mais caro do pais e que de certa forma, formam todo ano um grande número de profissionais que de imediato querem ganhar muito dinheiro. E em muitos casos os salároos até que são altos, mas mesmo assim os tais profissionais da saúde preferem a mordonia dos grandes centros urbanos, do que o desafio de atender em situações precárias do interior.

Por aqui ainda tem um agravante os caras querem tudo virar fazendeiros!

Cadê os médicos????

Nenhum comentário: