terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

400 mil reais!

Foto: Ribamar Ribeiro Junior

A obra de bloketeamento da calçada do SESI e do canteiro central da Av. Tocantins no Novo Horizonte, realizada no último ano do governo Tião Miranda (PTB) custou R$ 400 mil. Só que agora parte da obra teve que ser removida.

Comentário de Adir Castro

Nosso dinheiro indo pelo esgoto por falta de planejamento Ainda na gestão anterior e às vésperas da eleição de 2008, essa obra de pavimentação de uma área em frente ao SESI, próximo da Praça do Novo Horizonte, foi iniciada e concluída. Não se sabe se a obra era do SESI, da prefeitura de Marabá ou de ambos. A placa, a época, que havia no local informava que a obra era da prefeitura e que o valor da mesma era cerca de R$ 400 mil. Muito dinheiro para tão pouco serviço e ainda por cima mal feito e mal planejado. Pasmem! Não fizeram uma verificação na rede de esgoto antes de fazer a pavimentação do local, como se pode comprovar agora com o seu desmanche para colocação das ditas manilhas, que absorverão aquela lama que fica no canto da Praça do Novo Horizonte e que a cada dia cresce em volume. Tudo isso poderia ter sido evitado se o gestor anterior não tivesse feito apenas uma obra eleitoreira no afã de eleger seu candidato. Pode-se dizer que jogaram no mato cerca de R$ 200 mil, valor equivalente a metade da pavimentação removida. Quiça não removam a outra metade para dobrar o prejuízo e deixem tudo escancarado como é costume fazerem. E agora outra montanha de dinheiro será gasto ali para minimizar o problema que sempre esteve ali para qualquer gestor vê. Quantos equipamentos hospitalares esse dinheiro compraria para melhor atender a população que precisa de atendimento médico?! Mas que cabeça a minha: esqueço sempre que eles não utilizam a saúde pública! Com o nosso dinheiro eles fazem obras que não duram quatro anos. Quando deveriam fazer com mais zelo, mais planejamento e mais duráveis. __________ Adir Castro

2 comentários:

Blogue Marabá 2012 disse...

Ribamar, é triste vê o que esses sujeitos fazem com o mandato que lhes demos.

Antes da eleição eram só promessas para a população de que dias melhores viriam caso fossem eleitos.

Apurados os votos eles já começam a fazer politicagem. É só isso que sabem fazer. Política de verdade que é bom nenhum deles faz.

Fazem de nossos votos trunfos para barganharem mais para si e seus grupinhos de sustentação, esses mesmos que tomam posse em escalão A, B, C...

Infelizmente a grande maioria do eleitorado que elege a esses sujeitos não percebe o que eles fazem com seus votos, com suas vidas e de seus entes queridos.

E ainda tem gente que, supostamente parece inteligente, elogia a essas jogadas que seus mestres fazem. Os chamam até de estrategistas. Elogiar por admiração não acredito que o façam, são muito fisiologistas para serem sinceros.

Será possível mudar uma cultura dessas?

Blogue Marabá 2012 disse...

Ribamar, são as grandes obras vindo a tona com o inverno. Pena que isso não seja explorado e cobrado pela imprensa.

Essa obra que está sendo revirada é um estacionamento. Deve ter 5 de largura por 100 de comprimento. Tô chutando uma metragem alta. Mesmo assim não chega a 1 km quadrado. Muito caro, não foi?

A rua Itacaiunas, lá no final no sentido Laranjeiras, bem na curva antes de chegar na feira coberta, está tendo sua pavimentação levada pelas águas. Obra bem recente.

A Avenida Manaus, nos seus primeiros 300 metros no sentido Climec - Obra Kolping, já era. Precisa de uma maquiagem urgente.