sexta-feira, 26 de novembro de 2010

O perigo se aproxima!

Lideranças do MST preocupados com a demora do Incra. Teme que, com a posse do governador eleito no Pará, o pescador Simão Jatene (PSDB), os acampados não terão mais acordos intermediados pelo Iterpa, órgão estadual da Reforma Agrária .

Sobretudo, de acordo com os dirigentes do MST, os que já ocorrem no complexo de fazendas do Grupo Santa Bárbara, do banqueiro Daniel Dantas, que entrou na Justiça pela reintegração de posse de suas áreas ocupadas pelo MST. Até o momento, não foi atendido pelo governo de Ana Júlia (PT-PA), que termina dia 31 de dezembro.

Dois acampamentos de famílias de Sem Terra estão ameaçados, se o acordo proposto pelo Incra não atender ainda este ano as 600 famílias acampadas em duas áreas nas fazendas de Daniel Dantas.

“Jatene recebeu 1 milhão de reais do grupo Santa Bárbara na última semana das eleições. Sua campanha política foi marcada pela promiscuidade com os fazendeiros e seu governo seguirá o mesmo rumo”, denuncia Raimundo Oliveira, dirigente do PT no Pará.

Oliveira ainda revela um acordo firmado durante a campanha eleitoral no Pará, que envolve o reeleito deputado federal Wandenkolk Gonçalves (PSDB-PA) e o Sindicato dos Fazendeiros da região de Parauapebas e Curionópolis.

“Wandenkolk acordou um apoio financeiro com o grupo de latifundiários estabelecidos na região e, se fosse reeleito e Jatene vencedor, todas as reintegrações de posse e despejos que estão tramitando na Justiça seriam cumpridos sem acordo com os acampados, diferente do que está sendo estabelecido pela Vara Agrária”.

De acordo com Lima, com os pactos firmados por Jatene com a “casta de latifundiários empresários do Pará, a demanda da Reforma Agrária e dos assentados, com toda a sua importância econômica e cultural na região, ficará de fora se não acentuarmos nossas lutas”.

Fonte: Página do MST



3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Riba, então pode acontecer "outros" episódios tipo Curva do S. Infelizmente. João Salame sabia desse acordo de hum (1) milhão de reais da Sta. Bárbara para a campanha de Jatene ? Tambem se beneficiou ? Em 26.11.10, Marabá-PA.

Anônimo disse...

Eu bem que poderia dizer bem feito mas vou lamentar. Acharam que tava ruim com Ana Júlia pior será sem ela.
KKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Fica pior sem a Donana, da 01:17? Impossível ficar pior do que no governo da manicure, do namorado beneficiado com gordos contratos, dos kits escolares sem licitação, da menor abusada nas celas de Abaetetuba, das famosas caixas da AGE, da nebulosa administração do Hangar, do abandono da PA-150, da PA-279, etc., etc., etc.
Como diz o Tiririca, pior do que tá não fica!... Mas não fica mesmo!!! Hehehehehe...