quinta-feira, 15 de julho de 2010

Extração ilegal de madeira

Atenção IBAMA!

Vicinal 113 - Liga a BR 222 (10 km após Abel Figueiredo) até Jacundá, passando pelas Vilas Nova Vitória, Campos Dourado e Gavião. Uma extensa área compreendida por assentamentos e grandes fazendas.
Parte do cenário que nos entristece


Ao longo da vicinal é visível os arrastões feitos por madeiereiros


São vários caminhões como este que percorre a estrada dia e noite


Assim com as carvoeiras que completam o rastro de destruição


O pouco que ainda resta....

-----------------------------------------

Essas imagens foram capturadas essa semana durante um trabalho de campo realizado por este poster, no município de Rondon do Pará

4 comentários:

Mural de Marabá disse...

Desde da década de 70 deveria ter sido obrigado a quem se beneficia plantar três árvores para cada árvore derrubada, já que são eles que tiram proveito desse negócio.

Mas deixaram que fizessem do jeito que achassem melhor... agora estamos vendo e sentindo o resultado: calor e sol em pleno inverno, sem contar outras tantas consequências.

Anônimo disse...

Muito bom Ribamar;
Esse tipo de relato, com imagens, ajuda-nos a perceber que o desmatamento continua.
Talvez as autoridades competentes, como o IBAMA, não tenham acesso a esse tipo de informação, ou se omitem.
De qualquer forma divulgando algo assim coloca-se o assunto em discussão, e, talvez, iniba os criminosos da floresta.

Anônimo disse...

Levou papel higiênico?

www.ribamarribeirojunior.blogspot.com disse...

LEVEI PRA PASSAR NA BUNDA DA SUA MÃE...