sexta-feira, 7 de maio de 2010

Eles estavam lá, mas não votaram o ficha limpa




De acordo com dados oficiais da Secretaria Geral da Mesa da Câmara, 55 parlamentares não votaram o projeto ficha limpa, embora estivessem presentes na sessão. Veja aqui a lista, em primeira mão

Mario Heringer foi um dos deputados que registraram presença e não votaram o projeto ficha limpa na noite de terça-feira (4)

Cinquenta e cinco deputados deixaram de votar o projeto ficha limpa, embora estivessem presentes na sessão que resultou na aprovação da proposta que proíbe a candidatura de políticos com condenação na Justiça. Segundo a lista de presença da sessão, iniciada às 21h09 de ontem (4) e encerrada a 0h27 desta quarta-feira (5), 445 parlamentares registraram presença. Mas apenas 389 votaram. O presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP), também estava presente, mas só vota em caso de empate.

O PMDB, com 15 deputados, o PP, com sete, foram os partidos com maior número de parlamentares que deixaram de votar mesmo tendo registrado presença na sessão. O PT, com seis nomes, o DEM, com cinco, o PR e o PTB, com quatro, vêm a seguir. Há ainda três deputados do PSDB, três do PRB, um do PTC e um do PV que constam da lista de presença oficial da Câmara, mas não figuram na relação dos que votaram, também divulgada pela Secretaria Geral da Mesa.

A lista a seguir, divulgada em primeira mão pelo Congresso em Foco, reúne deputados de 17 estados. Destaque para as bancadas de Minas Gerais e do Piauí. Dez dos 46 parlamentares mineiros presentes não votaram, nem a favor, nem contra, nem se abstiveram formalmente. O mesmo ocorreu com metade dos dez deputados piauienses que estavam presentes na sessão mas não registraram voto.
O texto-base do projeto ficha limpa foi aprovado com 388 votos favoráveis. O único voto contrário, segundo seu autor, foi por engano. Além dos 55 deputados que estavam presentes e não votaram, outros 68 faltaram à sessão. A votação dos destaques está prevista para esta tarde.

Veja a lista de quem estava na Câmara, mas não votou o ficha limpa, por estado:

Alagoas

Augusto Farias PP



Amazonas

Sabino Castelo Branco PTB



Bahia

Félix Mendonça DEM

José Carlos Araújo PDT



Ceará

Aníbal Gomes PMDB

Flávio Bezerra PRB

José Linhares PP

José Pimentel PT

Manoel Salviano PSDB

Mauro Benevides PMDB



Goiás

Leandro Vilela PMDB

Luiz Bittencourt PMDB

Pedro Chaves PMDB

Professora Raquel Teixeira PSDB

Rubens Otoni PT



Maranhão

Cleber Verde PRB

Clóvis Fecury DEM



Minas Gerais

Ademir Camilo PDT

Antônio Andrade PMDB

Carlos Willian PTC

Fábio Ramalho PV

George Hilton PRB

João Magalhães

Leonardo Quintão PMDB

Mário Heringer PDT

Silas Brasileiro PMDB

Virgílio Guimarães PT



Mato Grosso do Sul

Dagoberto PDT



Santa Catarina

Mauro Mariani PMDB



Pará


Giovanni Queiroz PDT



Paraíba

Armando Abílio PTB

Wellington Roberto PR

Wilson Santiago PMDB



Pernambuco

Eduardo da Fonte PP

José Chaves PTB

Roberto Magalhães DEM

Fernando Nascimento PT



Piauí

Antonio José Medeiros PT

Ciro Nogueira PP

José Maia Filho DEM

Paes Landim PTB

Themístocles Sampaio PMDB



Rio de Janeiro

Fernando Lopes PMDB

Leonardo Picciani PMDB

Solange Almeida PMDB



Rio Grande do Norte

Betinho Rosado DEM



São Paulo

Aline Corrêa PP

Beto Mansur PP

Milton Monti PR

Paulo Pereira da Silva PDT

Vadão Gomes PP

Valdemar Costa Neto PR



Tocantins

Eduardo Gomes PSDB

Osvaldo Reis PMDB

Vicentinho Alves PR



http://congressoemfoco.uol.com.br/noticia.asp?cod_canal=1&cod_publicacao=32817

Nenhum comentário: