quarta-feira, 26 de maio de 2010

Autoritarismo e Arrogância


O clima ficou tenso ontem (25/05), na Câmara Municipal de Marabá, durante a sessão. Por pouco o vereador Nagib Mutran (PMDB) não se atraca aos tapas com um humilde lavrador, lá da região do Contestado, área de assentamentos localizada quase na fronteira com o município de Parauapebas. O lavrador fazia parte de um grupo de aproximadamente 250 pessoas que veio a Marabá pedir providências para a situação de abandono lá no contestado. A certa altura da sessão, Nagib questionou o fato de os manifestantes serem eleitores de Parauapebas e não de Marabá. Foi aí que começou o rebu. O plenário ficou todo agitado e começou a protestar contra as palavras do vereador, que também passou a falar em tom cada vez mais exaltado. Em determinado momento, Nagib saiu da tribuna e, com o dedo em riste, mandou um dos lavradores se calar porque ele, Nagib, não tinha obrigação de ouvir alguém que sequer votou nele. A sessão se transformou num rebuliço só e só voltou à normalidade graças à turma do "deixa-pra-lá" e depois que a PM chegou ao local.
 
 
--------------------------------------
 
No seu discurso de posse o vereador Nagibinho disse que sua eleição era uma carta de alforria que o povo de Marabá tinha lhes dado depopis da conturbada vida politica no passado. Agora o vereador novamente começa a mostrar sua verdadeira face!

2 comentários:

Anônimo disse...

Pois é, quem nasceu melancia não vira laranja. O vereador nagib, só mostrou a face oculta do autoritarismo, prepotência, arrogância que ele traz no DNA.que a qualquer momento pode se revelar.

picanochao disse...

MEUS AMIGOS, AQUI EM PORTUGAL, UM HUMILDE LAVRADOR,NEM SEQUER TEM HIPÓTESE, DE SE APROXIMAR, QUANTO MAIS QUESTIONAR, UM VEREADOR...AÍ, COMO AQUI, SOMOS COMANDADOS POR LADRÕES... OS PARTIDOS POLÍTICOS, NÃO PASSAM DE GANGS, QUE SE DEDICAM À NOBRE ARTE DE "ENGORDAMENTO DA CONTA BANCÁRIA"...