terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Saneamento Básico em debate!

O Plano Nacional de Saneamento Básico, previsto na Lei 11.445/07, com horizonte para os próximos 20 anos, deve considerar metas de curto, médio e longo prazo. A nivel nacional o plano prevê aumentar 80% do volume de esgotos tratados no país, atingindo cerca de 58% de tratamento de esgotos gerados na área urbana.
Outra previsão é de aumento de 45% da população atendida com a coleta de esgoto, dobrar o atendimento de esgoto sanitário. No entanto, em Marabá apesar do Plano Diretor ter em suas diretrizes a eleaboração do Plano Municipal de Saneamento, até agora o poder público não se manifestoui com relação as leis complementares para a condução do desenvolvimento urbano como está previsto na lei. Sendo assim, este poster mais uma vez apresentou sugestão a MP, durante a audiência pública realizada no último sábado (20) na velha marabá. Na oportunidade o Ministério Público estava ouvindo a comunidade sobre as sugestões para o seu Plano de Ação 2010.

---------------------------------------

Desde 2007 o Conselho nacional das Cidades através da Resolução nº32 deliberou uma Campanha Nacional de Elaboração de Planos de Saneamentos. Cabe aos gestores apresentar projetos solicitando este apoio.

Ou uma boa vontade para fazer!!!!!

Um comentário:

Anônimo disse...

Pelo menso em propagada a Cosanpa e O PAC ganham em Marabá. Em termos de ações não vemos nada.