quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Depois do profano, o sagrado!



A Campanha da Fraternidade que as Igrejas do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic) lançam hoje, 17, tem como objetivo geral ajudar a sociedade a construir uma economia que esteja a serviço da vida. Além do objetivo geral, outros cinco objetivos específicos fazem parte da Campanha.

Pela terceira vez a Campanha é realizada de forma ecumênica, a exemplo do que aconteceu em 2000 e 2005.

Objetivo geral: Colaborar na promoção de uma economia a serviço da vida, fundamentada no ideal da cultura da paz, a partir do esforço conjunto das Igrejas Cristãs e de pessoas de boa vontade, para que todos contribuam na construção do bem comum em vista de uma sociedade sem exclusão.




Objetivos específicos:

1. Sensibilizar a sociedade sobre a importância de valorizar todas as pessoas que a constituem;

2. Buscar a superação do consumismo, que faz com que ‘ter’ seja mais importante do que as pessoas;

3. Criar laços entre as pessoas de convivência mais próxima em vista do conhecimento mútuo e da superação tanto do individualismo como das dificuldades pessoais;

4. Mostrar a relação entre fé e vida, a partir da prática da justiça como dimensão constitutiva do anúncio do evangelho;

5. Reconhecer as responsabilidades individuais diante dos problemas decorrentes da vida econômica, em vista da própria conversão.

Um comentário:

Anônimo disse...

Para quem leu Daniel e principalmente o Apocalipse, isso que acontece no mundo cristão e político não é novidade. É apenas um cumprimento da Palavra.

Um dia se juntarão e governarão o mundo. É só uma questão de tempo.

Agora em 2010, na cidade de Toronto, no Canadá, acontecerá a segunda reunião entre os líderes religiosos das 8 nações mais ricas do planeta. Eles tem um plano em já definido.