terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Conselheiros afastados

Correio do Tocantins 09/02/2010

Tido como um dos conselheiros mais atuantes do CT de Marabá, Beto Jamaica (PCdoB) como é mais conhecido, foi afastado juntamente com a conselheira Socorro Valadares (PPS) das suas funções de conselheiro tutelar. Utilizando a lei 5.5810/94, o Juiz Cristiano Magalhães Gomes da Vara Infantil determinou o afastamento dos dois conselheiros por exercerem indevidamente a função pública. O juiz acatou  as ações civis públicas impetrada pelo MP através da promotora Francisca Suênia Fernandes.


------------------------

Beto Jamaica disse ser alvo de perseguição politica e vai recorrer da decisão. Pode ser que tenha partido da SEASP as denuncias que culminaram com seu afastamento.

Um comentário:

Anônimo disse...

Na verdade esse nao é um fato isolado no interior do Estado. Existe o despreparo por parte dos conselheiros tutelares que ao requisitarem o serviço publico nos termos do ECA Art. 136, tambem o querem executar, usurpando assim a função do (a) assistente social nos termos da Constituição Federal Art 227.

consulte x.guimaraes@hotmail.com
vale apena tirar duvidas sobre o ECA