sábado, 17 de outubro de 2009

Ex-presidente da CDP denunciado pelo MPF por fraude de R$ 7 milhões

Caso Galiléia: Depois de acusar Ademir Andrade por formação de quadrilha, corrupção, estelionato e fraudes em licitações, MPF agora denuncia o vereador em Belém por falsificação de dados.
O ex-senador pelo Pará e hoje vereador em Belém Ademir Andrade foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por inserção de informações falsas no banco de dados da Companhia Docas do Pará (CDP), onde atuou como presidente de 2003 a 2006. A denúncia foi feita contra Andrade e oito de seus ex-chefiados na CDP. A pena prevista para o crime de inserção de dados falsos em sistema de informações da administração pública é reclusão, de dois a 12 anos, e multa.
Fonte: Procuradoria Geral da República no Pará
Link: http://www.prpa. mpf.gov.br/



http://www.amazonia .org.br/noticias /noticia. cfm?id=331740

Nenhum comentário: