quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Caim: Livro atacará Igreja de forma "insolente"

O escritor português José Saramago, ganhador do prêmio Nobel de Literatura em 1998, chamou o papa Bento XVI de "cínico" e disse que a "insolência reacionária" da Igreja precisa ser combatida com a "insolência da inteligência viva". O autor está em Roma para promover seu novo livro, "Caim", que será lançado nesta quinta-feira (15).

Um comentário:

Neres disse...

Estava tentando me situiar sobre essa nova obra de Saramago e pude ver a contento como ele consegue atacar catolicismo ao apontar Deus como autor intelectual do crime cometido por Caim.
Acho que vai dar o que falar.

Roberto Neres