terça-feira, 22 de setembro de 2009

Pará na UTI

Jornal do aliado da governadora estampa matéria na edição de hoje denunciando as mazelas na área da saúde.

Com febre, dor de cabeça pelo corpo, tosse e crise de vômito, a dona-de-casa Rosana Gomes, 22 anos, permaneceu por mais de cinco horas sentada em um banco em frente à Unidade de Saúde da Marambaia, na manhã de ontem.Enrolada em um lençol e acompanhada apenas pela filha de três anos, a jovem reclamava da ausência de médico no setor de urgência e emergência da unidade. “Isto é uma urgência e emergência? Está bom de mudar de nome. Isto é uma palhaçada”, reclamou. Rosana contou que chegou às 7h em busca de atendimento e foi informada que o médico chegaria às 8h. Uma hora depois, recebeu a notícia de que o médico não viria por problemas de saúde. Mesmo assim, diz que resolveu esperar o próximo médico, que entraria no plantão somente às 12h30 .“Será que só existe um médico nesta cidade?”.
Isso é Governo Ana Julia do PT

Um comentário:

Valdimar disse...

Verdade o PT e O PMDB são aliados e fazem a desgraça neste estado.