sexta-feira, 11 de setembro de 2009

MAB entrega carta a LULA

A luta pelos direitos das populações atingidas por Barragens do Brasil é uma história, construída e fundamentada no princípio que este modelo de produçãode energia não é voltado para atender as necessidades do povo Brasileiro. Nos casos onde as hidrelétricas são construídas, as populações teriam queter seus direitos garantidos pelos governos e empresas envolvidas.

Porém, a realidade nos prova que as populações atingidas e o meio ambiente nunca são reconhecidos, lugares onde houve um processo de luta intensa, osatingidos puderam garantir algumas conquistas, mas isso, nunca se tornou umapolítica de tratamento às populações atingidas.

Nós últimos sete anos, tivemos muitas dificuldades em avançar nasnegociações das pautas concretas dos atingidos e ter conquista. Não por terhavido menos lutas, menos reuniões, menos diálogos e menos reivindicações,ao contrario, tem sido os anos, em que o Movimento tem sofrido acriminalização por LUTAR PELOS DIREITOS, entendemos ter sido isso umadefinição política de quem manda no setor elétrico.

Nos últimos tempos, ouvimos uma declaração pública do Presidente Lula,dizendo que:

“Eu só tenho dívidas com um movimento neste país, que eu ainda não cumpri,mas que o Dulci já fez que são os companheiros do MAB, do Movimento dosAtingidos por Barragens. Esse é um movimento que eu pedi para o companheiroDulci conversar com eles, preparem qual é a dívida que o Estado brasileirotem com eles, porque certamente nós temos dívida com eles, porque durantemuito tempo se construiu hidrelétrica, se prometia dar casa, dar isso, e nãoveio as casas e não veio as terras. E eu não quero deixar o governo sempagar essa dívida histórica que o Estado tem com os companheiros do MAB”.(Discurso do Presidente Lula durante lançamento do Plano Safra daAgricultura Familiar 2009/2010, dia 22 de julho de 2009).

Aproveitando o processo de luta e a declaração pública do Presidente, o MAB encaminhou uma carta à Lula, solicitando que o Estado Brasileiro reconheça eatenda os Direitos dos atingidos por Barragens.

Um comentário:

Laguardia disse...

Mensagem da Thaís

Amigos de fé e luta! Já está na hora de pensar em um meio de darmos continuidade a tudo isso. Estamos inspirando e sendo inspirados por essa bela campanha.

Criei o http://bravagentebrasileira.ning.com/ . Na opinião de vocês isso funcionará para que continuemos unidos? Esse ning é uma espécie de rede, onde é feito cadastro e só participam os cadastrados. Ainda não editei e nem defini o layout, mas já peço a opinião de vocês. O que vocês acham? Conhecem?

Ah...lembram-se da idéia dos adesivos? Ainda está de pé? Vamos adesivar nosso país? Opinem também!

Assistiram o programa partidário do PV com a doce Marina? Babei! Ela vem com tudo...

Agora somos 72 corações brasileiros, acordando mais tantos adormecidos!

Está na hora de começarmos a agir mais concretamente, continuamos a protestar nos nossos blogs, e mails etc., mas vamos partindo para ações mais concretas.

No entanto a participação do maior número de pessoas possíveis é necessária.

Mais uma vez parabéns a Thaís belo brilhante trabalho que vem realizando em prol do Brasil

Envie suas sugestões como comentários para:

http://brasillivreedemocrata.blogspot.com ou para http://omundobythais.blogspot.com/