quinta-feira, 7 de maio de 2009

Liberdade para os presos políticos do MAB

Contra a Criminalização dos Movimentos Sociais e pela libertação dos presos políticos do MAB de Tucuruí


Movimentos sociais se solidarizam em campanha Contra a criminalização dos Movimentos Sociais e pela liberdade imediata dos presos políticos do MAB de Tucuruí. A vigília ocorre no dia 07 de maio, das 19 as 23 horas, na praça Mártires de Abril (São Brás), em Belém.


No último dia 26 de abril centenas de famílias foram despejadas brutalmente pela polícia do Estado do Pará de um acampamento dos atingidos pela barragem de Tucuruí. A ação da polícia teve o saldo de 18 trabalhadores/as e pescadores.

Entre os presos estão duas mães de famílias e um trabalhador de mais de 70 anos de idade. Os/as trabalhadores/as estão em presídios de Belém, como se fossem bandidos comuns, por lutarem por seus direitos.

Até hoje, eles permanecem nos presídios e precisamos juntar as nossas forças para conseguir libertá-los. A solidariedade deve ser o princípio norteador de nossas ações.

Água e energia não são mercadorias!
Contra o Imperialismo, Soberania Popular na Amazônia!

Comitê de apoio aos presos políticos do MAB de Tucuruí e Vía Campesina Pará

2 comentários:

Anônimo disse...

O governo do PT continua caindo no erro, ao prender os trabalhadores, comete crime político. Portanto, em vez de colocar latifundiários na cadeia, e banir de vez com a injustiça. O governo de Ana Julia do PT só faz caganeira!!!

www.ribamarribeirojunior.blogspot.com disse...

Calma anônimo 11:42h

Este governo terá um triste fim!! O descontentamento é geral, quero ver como ele vai se explicar ao povo no ano que vem.

poster