quarta-feira, 4 de março de 2009

TSE cassa mandato do governador do Maranhão, Jackson Lago

DEDO DO SARNEY!!!

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu em julgamento, por maioria (5 votos a 2), no início da madrugada desta quarta-feira, cassar os diplomas do governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT) e de seu vice, Luiz Carlos Porto.

No entanto, de acordo com a decisão dos magistrados, Lago e seu vice poderão permanecer no cargo até que se esgotem as possibilidades de recursos no tribunal. Também foi decidido dar posse à segunda colocada na eleição de 2006, senadora Roseana Sarney (PMDB), e ao ex-senador João Alberto (PMDB), vice dela na chapa, mas não antes da análise de eventuais recursos que venham a ser protocolados na Justiça.

O governador acompanhou o julgamento por meio de um telão montado em frente ao Palácio dos Leões, sede do governo do Estado. Ele estava acompanhado de integrantes do movimento em defesa de sua permanência no cargo, batizado de Balaiada. E também de correligionários, representantes da sociedade civil, do MST e trabalhadores rurais.

Depois do anúncio do resultado pelo presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, o governador fez um discurso aos que acompanharam com ele os votos dos ministros. De acordo com a assessoria do governo do Maranhão, Jackson Lago disse que a batalha jurídica ainda não acabou e que vai lutar para continuar no cargo, pois ainda cabe recurso.

A defesa acrescentou que Jackson Lago não é um político profissional, argumentando que ele não dedicou "sua vida inteira à política, mas é um médico que se entregou à atividade política. E, por isso, não tem poder econômico de que poderia usar". "Trata-se de alguém que não detém nenhum feudo ou concessões de rádio, sabendo como nós sabemos que é por esse caminho que o comprometimento da livre decisão popular se pode fazer com mais facilidade", disse um dos advogados, alfinetando a família Sarney, que é dona de emissoras de rádio e de TV no Maranhão

2 comentários:

Mateus disse...

Parabéns pelo blog. As informações atualizadas momento a momento são de grande contribuiçao para o acompanhemento deste processo histórico no MA. Mesmo de longe, (PB) estou acompanhando o desenrolar desta questão. Daí a importancia deste blog. Parabéns pelo bom trabalho.
Mateus Costa, Guarabira PB

Anônimo disse...

Se a cassação do mandato do governador Jackson Lago (PDT) for mantida, após a apreciação dos recursos, o Maranhão será retomado pelo esquema oligárquico original.

A tendência, caso Roseana Sarney (PMDB) assuma, é a migração da base parlamentar e dos prefeitos ao velho esquema sarneísta.

Com a chave do cofre na mão, o grupo Sarney atrairá facilmente os ex-aliados que momentaneamente amontoavam-se na Frente de Libertação.