terça-feira, 10 de março de 2009

Todo apoio ao Delegado Protógenes

Protógenes Queiroz, que no comando da Operação Satiagraha efetuou a prisão do banqueiro Daniel Dantas, considerou grave o nome de duas pessoas importantes ser lançado na imprensa sem nenhum critério de verdade.

Questionado sobre a possibilidade de Daniel Dantas ser o responsável pela geração do fato, o delegado disse que prefere não levantar esse indício, mas reconheceu que uma das estratégias de defesa do banqueiro é buscar novos fatos que possam beneficiá-lo no processo. Na verdade Daniel Dantas que fugir do foco.

O delegado diz que é mentirosa a versão da revista colocando os agentes que trabalharam na Satiagraha como principais suspeitos pelo suposto grampo. “Todas as escutas que fizemos foram autorizadas e nosso sistema é inclusive auditado. Todas as nossas escutas estão de posse da Justiça Federal e são controladas pelo Ministério Público Federal.”

Politicos, magistrados e agentes do governo envolvidos nos esquemas de Dantas aproveitarão para livra a pele do mega latifundiário Daniel "Mendes" Dantas.

Nenhum comentário: