quinta-feira, 12 de março de 2009

José Nery relata atuação da CPI da Pedofilia no Pará





O senador José Nery (PSOL-PA) revelou que, entre 2004 e 2008, foram registrados 3.558 casos de abusos e violência contra crianças e adolescentes no Pará. Ele informou que somente nos primeiros dois meses e meio deste ano já há 200 casos denunciados pelo Programa de Apoio e Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência ou Abuso (Propaz) no estado. José Nery comentava em Plenário a presença da CPI da Pedofilia em Belém, na semana passada, quando foram colhidos depoimentos.
Em discurso nesta quarta-feira (11), o senador ressaltou ainda a importância desse fato destacando que essa foi a primeira vez em que uma personalidade com alto poder de influência foi ouvida na condição de investigado. O senador relatou que foi tomado o depoimento do deputado estadual Luiz Afonso Sefer, acusado de abusar e violentar uma menina que viveu em sua casa dos 9 aos 13 anos. O deputado foi indiciado por atentado violento ao pudor e por estupro. Segundo o senador, "são muito sólidos os indícios de culpabilidade contra ele constantes dos autos".
Entre os acusados ouvidos em Belém, estava também João Carlos Carepa, que é o irmão da governadora Ana Julia Carepa, comentou o senador.
- Quanto mais investigamos, mais atrocidades vêm à tona - afirmou José Nery. - Não seria exagero dizer que nenhum de nós que integramos a CPI não seremos mais os mesmos depois de ter acesso aos inúmeros documentos obtidos.
O senador explicou que os relatos são "aterradores e abomináveis" e revelam que a pedofilia não escolhe faixa etária, classe ou posição social.
- É uma chaga social amplamente disseminada. E pior, em proliferação - lamentou.
José Nery relatou ainda que, durante a presença da CPI da Pedofilia em Belém, foram apresentadas à comissão 30 novas denúncias de casos de abusos contra crianças no estado do Pará.
Da Redação / Agência Senado

3 comentários:

Anônimo disse...

Cadeia para Joao Carlos Carepa!!!

Anônimo disse...

GRANDE SENADOR NERY SEMPRE ATUANDO EM DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS, ENQUANTO O GOVERNO DO PT VAI NA CONTRA MÃO DA HISTÓRIA.

FORA SEFFER E ANA JULIA!!!

Robertinho disse...

Deputado Sefer leva família para ver seu fim, foi isso que aconteceu durante seu depoimento. Pobre deputado, não sabia que do outro lado, Vic Pires preparava sua expulsão.
E agora a AL cassa o monstro ou não???