sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

PSOL repudia organização do Fórum Social Carajás

NOTA DE REPÚDIO

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) do município de Parauapebas vem através desta, repudiar a organização do evento do Fórum Social Mundial no município que deve acontecer entre os dias 24 a 26 do corrente mês, tendo em vista, a restrição a poucos convidados imposta pelos organizadores da Prefeitura Municipal que de forma sinuosa evitaram os debates, o acesso dos principais movimentos populares da região e a participação popular.
Assim sendo, a direção municipal do partido, entende que a manobra dos organizadores (na sua maioria, vinculados à Prefeitura de Parauapebas) explicita cada vez mais a intenção de silenciar as organizações, os sindicatos, e os tradicionais partidos de esquerda dos debates da região.
Os movimentos populares não devem ser impedidos de participar de um evento no qual se propõe pautar por discussões importantes sobretudo na construção de uma sociedade mais digna e consciente sobre a defesa da Amazônia, da biodiversidade e da soberania popular. O PSOL acredita na importância do Fórum Social Mundial de Parauapebas, e defende a participação de todos no que se refere tanto aos debates quanto na luta por políticas públicas do governo do estado e do município voltadas principalmente para a melhoria da qualidade de vida da população.
O Partido convoca ainda os demais movimentos populares, os diretórios de outros municípios circunvizinhos a participar de um protesto a ser realizado durante o “Fórum Social” objetivando demonstrar a indignação, sobretudo pela forma como foi organizado o evento.

Parauapebas, 22 de Janeiro de 2009

Direção Municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

Nenhum comentário: