segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

“Sapatada” em Bush Coroa o Fracasso do Imperialismo no Iraque.

Sem dúvida a cena mais linda de 2008 foi registrada por diversas câmeras de jornalistas no Iraque essa semana. Um par de sapatos arremessados contra o presidente George W Bush. Simplesmente fantástico. É difícil até de expressar a felicidade que dá ver aquele genocida pegando uma sapatada, e sendo chamado de cachorro.
Pena que o nosso tão estimado e querido jornalista Muntazer al Zaidi não ter acertado em cheio no rosto do presidente dos EUA. Mas nós até compreendemos, talvez ele não tenha treinado, ou mesmo pensado que isso poderia acontecer. De ele um jornalista que estava em uma coletiva de imprensa que surgiu de repente durante a visita “surpresa” (para não dizer secreta) de George W. Bush ao Iraque. Não satisfeito em pisar em um solo que destrói com seus soldados ianques, Bush ainda falou em “beijo de despedida” ai é pedir pra pegar um tiro! Acredito que como o Sr. Muntazer al Zaidi não tinha uma arma optou pelos sapatos. Eu sinceramente penso que uma cadeira seria melhor, mas não vamos criticar o Sr. Muntazer al Zaidi, que inclusive é digno de muito respeito. Mas é claro que o jornalista pensou em jogar os sapatos. Isso corresponde a uma grave ofensa para quem recebe a “sapatada”. Além do que ser chamado de “cachorro” para George W. Bush não deve ser lá tão incomum como a cena do sapato.

A “sapatada” do jornalista em Bush mostra bem os desafios que o governo de Obama terá com a guerra do Iraque. Isso mostra que a resistência do povo iraquiano está cada vez mais forte, apesar dos inúmeros conflitos internos os iraquianos ainda colocam como seu alvo comum os soldados norte-americanos (que foram recebidos a sapatadas por jovens ao desembarcarem no Iraque).
O jornalista Muntazer al Zaidi é tido como herói nas ruas do Iraque e por grande parte do mundo árabe. Muntazer al Zaidi representa a coragem de um povo contra o imperialismo, pois hoje está preso e poderá ser condenado a 15 anos de prisão por ter agredido um chefe de Estado, e inclusive, já apareceram denuncias de tortura feita por militares iraquianos pró-imperialistas. Esse jornalista enfrentou com um par de sapatos o homem mais poderoso do mundo. OS EUA se vem forçados a sair do Iraque, assinando com o governo (de fachada) Iraquiano um acordo para a saída das tropas imperialistas até final de 2011. A sapatada não acertou em Bush, mas com certeza acertou o imperialismo. A questão agora é saber se essa “sapatada” no império levá-lo-á a recuar mais cedo do que o previsto.
Fico só pensando se essa “moda” pega o que aconteceria com Lula se ele fizesse uma visita surpresa pra dar o “beijo de despedida” no Haiti? Que eu ia gostar de ver a sapatada nesse capacho do Império... Ah! Eu ia.
FORAS TROPAS IANQUES DO IRAQUE.
PELA LIBERDADE DE MUNTAZER AL ZAIDI.
TODO PODER AO POVO IRAQUIANO


http://saidapelaesq uerda.blogspot. com

2 comentários:

Anônimo disse...

pODIA TER SIDO UM COTURNO.......

Anônimo disse...

TODOS EM 2009 COM SAPATOS NAS MÃOS...