quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

PARAUAPEBAS

Vale imposiciona negociação

Em reunião na tarde de hoje, com um grupo de advogados que defendem trabalhadores rurais assentados nos PAs Paulo Fonteles e Vila Sanção, ficou definido mais uma grande ação conta a VALE.

Desta vez pela coação, imposição e outras formas de tratar os moradores dos dois assentamentos onde deve passar a estrada que liga Parauapebas ao Projeto Salobo.

São várias famílias que ainda não negociaram diretamente com a VALE, porque a forma como quer pagar e construir a estrada está totalmente fora da realidade.

Os advogados têm tentado de todas as formas acesso ao Documento oficial que rege as regras do convênio entre a Vale e a prefeitura de Parauapebas, para pagamentos das indenizações, laudo das terras, licenciamento ambiental para construção da estrada. Segundo os moradores nunca ouve uma audiência pública para discutir a construção da estrada e nem as formas de indenização.

O Gabinete do Senador José Nery (PSOL) deve ser acionado para prestar assessoria e acompanhar mais este caso de massacre ao povo feito pela Vale.

Nenhum comentário: