segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Novas vagas, velhas raposas

Se for aprovado pelo plenário do senado essa semana a PEC que aumenta o número de vagas para o legislativo mirim, vai ser uma verdadeira dança de rato. Em Marabá a previsão sengundo os calculistas é de que chegue a 21 o número de vereadores.

Voltaria para próxima legislatura os caudilhos Leodato Marques, Regivaldo Caravalho, Adailton Sá, Ademar de Alencar e outros que dependem de uma boa contagem do coeficiente.

De nada adiantou as eleições que tinha dado um basta nessa velharia do parlamento local.

2 comentários:

Janete Garcia disse...

Essa realidade apontada nessa matéria não assola só Marabá. Se aprovada a Emenda, os municípios do Brasil estarão se embrenhando no ranço da velharia, tao bravamente repudiada nas urnas quando a populaçao preferiu dar espaço ao novo, obviamente com exceçoes. Estará declarada a vergonha nacional com a sua aprovaçao e mais uma vez demonstrado o caráter protecionista e tendencioso da quase totalidade das Emendas até hoje aprovadas.

romulo disse...

O pior é ter que aguentar agora, em vez de 13 vereadores, 21...é brincadeira !!!!
Hiroshi, pra quê Marabá precisa de 21 vereadores, coitado do prefeito Maurino....
Essa PEC n. 20/2008 não poderia ter vindo em pior hora.