sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Um poema para relaxar...

PRIMAVERA NOS DENTES



João Ricardo e João Apolinário

(1973)



Quem tem consciência para ter coragem

Quem tem a força de saber que existe

E no centro da própria engrenagem

Inventa a contra-mola que resiste


Quem não vacila mesmo derrotado

Quem já perdido nunca desespera

E envolto em tempestade, decepado

Entre os dentes segura a primavera

2 comentários:

Laércio Ribeiro disse...

Honestamente, Ribamar, o poema é de muito bom gosto. Os leitores de tua página na internet, aqueles que, como eu, se deleitam em farejar a boa poesia, ficarão eternamente gratos. Um abraço.

www.ribamarribeirojunior.blogspot.com disse...

Obrigado Laércio!!!