sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Governadora diz que o Pará precisa de Belo Monte

Quem te viu, eimm Aninha Jatobá....

A governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, declarou que quer agilizar o processo de construção da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, para solucionar problemas no abastecimento de energia no Estado e no Brasil. “Não abrimos mão de ter essa hidrelétrica”, afirmou ela, durante cerimônia no Centro Integrado de Governo (CIG), na tarde da última quarta-feira (24), em Belém.

A manifestação da governadora em favor da construção de Belo Monte aconteceu no ato de assinatura do protocolo de intenções com a Eletronorte (Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A), que garante a construção da segunda usina termoelétrica no município de Barcarena, região do Tocantins. A usina terá capacidade para gerar 600 megawatts de energia elétrica, a mesma potência da termoelétrica que a empresa Vale pretende construir no município.

Sobre Belo Monte, no entanto, Ana Júlia "Barbalho" disse que o projeto de construção da hidrelétrica, defendido por ela, inclui um plano de desenvolvimento sustentável para a região. “O povo do Pará precisa de Belo Monte”, ressaltou a governadora, ao frisar que o projeto tem de beneficiar também as comunidades que ainda não têm luz elétrica no Pará. Incrivel ouvir isso da governadora!!!



Usinas – Além de Belo Monte, outro projeto defendido pelo Governo do Pará é o que visa construir uma plataforma de cinco usinas no rio Tapajós, com capacidade para gerar 10.680 megawatts. O investimento estimado na obra é de R$ 31 bilhões.

TUÍRA NELES!!!

Nenhum comentário: