terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

Congresso da Cidade e do Campo em Xinguara

A participação direta do povo nas decisões e rumos do desenvolvimento material e cultural se consolida cada vez mais em Xinguara. Esse processo faz ruir paulatinamente a estrutura velha e reacionária do aparelho de estado outrora separado, distante e violento aos direitos da maioria dos cidadãos xinguarenses.
A exclusão social que ora comentamos, caracteriza-se principalmente pelas milhares de famílias que viviam abaixo da linha da pobreza, e que hoje são incluídas e atendidas pelo Programa Bolsa Família e começam a recuperar a sua dignidade. Da mesma forma a população de analfabetos existente antes do nosso governo, mas que hoje está sendo paulatinamente escolarizada criticamente e, em breve, essa chaga da violência social, não mais será motivo de vergonha do nosso povo. Essa barbárie será coisa de museu, como a máquina de datilografia nos centros civilizados.
Do ponto de vista econômico o município de Xinguara ainda vive sob a égide do monopólio da terra, da concentração de renda, da exclusão e da violência contra o direito de muitos. Mas a estratégia é a luta pela diversificação da atividade econômica com estímulo ao turismo, a agricultura familiar e a efetivação do FUNDOSOL que impulsionará a economia solidária.
Mas é a participação popular, realizada através do Congresso da Cidade e do Campo, que marca a face democrática e comprometida do nosso governo com a inversão de prioridade e a cidadania de nosso povo de xinguarense. Este ano o foco principal do processo congressual não está voltado tão somente e nem fundamentalmente para a destinação do orçamento público municipal, apesar de sua relevância. O congresso tem como foco o resgate da história de Xinguara e a homenagem aos pioneiros e pioneiras que dedicaram para importante de suas vidas na formação do nosso município.
Portanto, se sinta convidado (a) para participar da abertura do Congresso 2007, no proximo dia 16 de março a partiri das 18:00h na Feira Coberta....será a festa da cidadania

PSOL REUNE MILITANTES NA REGIÃO

PSOL se reúne para discutir mandato do Senador Nery


Integrantes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de cinco municípios do sul e sudeste do estado se reuniram neste domingo (25) para discutir propostas e planejar o mandato do senador José Nery. O evento ocorreu durante todo o dia ensolarado no município de Xinguara.

Estiveram presentes ao encontro, os vereadores Sólon Lacerda, de Sapucaia, representantes do vereador Wanterlor Bandeira de Parauapebas, além de militantes do município de Redenção, Canaã, Marabá e Curionópolis.

De acordo com Ribamar Ribeiro Junior, um dos coordenadores do planejamento local, o evento promovido foi positivo já que há uma consistência sólida da representativade dos vários municípios que participaram.

O planejamento do mandato do senador também foi discutido em outras 5 regiões específicas do Estado, dentre elas, Abaetetuba, cidade na qual o senador foi vereador eleito três vezes consecutivas, Altamira, Castanhal e na capital paraense.

Importância -
Durante o encontro, o prefeito de Xinguara, Davi Passos também esteve presente e enfatizou a importância do PSOL na política esquerda brasileira. “O PSOL tem uma grande tarefa junto ao grupo de esquerda brasileira” disse.

Elogiou ainda a condução do mandato do Senador José Nery, do qual se disse ter uma relação de amizade e admiração. “Companheiro Nery tem demonstrado muita maturidade na política e forte atuação no congresso nacional, principalmente nos diálogos com as forças institucionais”.

O coordenador ressalta ainda que nos dias 03 e 04 deve ocorrer um novo encontro com lideranças regionais. Vereadores do partido e a ex-deputada estadual Araceli Lemos devem participar. O objetivo será a apresentação dos planejamentos regionais que deve culminar em um projeto geral no qual irá nortear as ações do senador.

Núcleo – Mais um núcleo do PSOL deve ser formado ainda neste próximo mês de março em Curionópolis. Uma reunião constitutiva do partido deve acontecer . Já em Redenção a expectativa dos militantes está na ampliação do núcleo que ocorrerá no dia 15.