terça-feira, 27 de setembro de 2016

Pacto pela Infância: candidatos assinam


Os candidatos à prefeitura de Marabá assinaram nesta segunda-feira, 26, um Pacto pela Infância e Juventude perante a 9ª e 10ª Promotoria de Justiça de do município. As prefeituras municipais são as gestoras dos recursos públicos direcionados ao atendimento prioritário dos direitos assegurados a criança e ao adolescente na Constituição Federal.

"A assinatura deste pacto é muito importante para que os candidatos a Prefeito sejam cientificados dos deveres que terão com as crianças e adolescentes de Marabá, tendo em vista a partir do próximo ano um deles será o responsável pela gestão dos recursos públicos direcionados ao atendimento prioritário dos direitos assegurados a criança e ao adolescente na Constituição Federal", disse a Promotora de Justiça Titular da 9ª Promotoria da Infância e Juventude de Marabá, Alexssandra Muniz Mardegan.

Ao assinar o pacto, o prefeito eleito estará se comprometendo, entre outras coisas, em realizar um diagnóstico da situação da criança e do adolescente em Marabá, com a participação do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), conselho tutelar e sociedade civil organizada, mapeando os serviços prestados pelo CRAS, CREAS e espaços de acolhimento, além do atendimento à saúde e a educação, disponibilizados ao público infanto-juvenil.





Tenha acesso ao Documento AQUI

TSE disponibiliza programa para acompanhar apuração das eleições 2016

Logomarca Eleições 2016

Justiça Eleitoral disponibiliza programas para acompanhar apuração das Eleições 2016

O eleitor vai poder acompanhar em tempo real a apuração dos resultados das Eleições Municipais 2016 de quatro formas diferentes. A primeira delas pelo “Divulga”, sistema produzido pela Justiça Eleitoral para o acompanhamento dos resultados de votação de candidatos, partidos e coligações das eleições.
O “Divulga” permite a visualização dos dados por meio de várias consultas. Na versão desktop, o Divulga oferece maior gama de informações, permitindo ao usuário consultar os resultados de todos os municípios. “O Divulga é um software instalável, que se encontra disponível para download gratuito na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em versões para Windows e Linux”, explica o chefe da Seção de Totalização e Divulgação de Resultados do TSE, Júlio Valente.
App Resultados
Outra forma de acompanhar a apuração dos resultados em tempo real é pelo aplicativo (App) “Resultados”. O App desenvolvido para tablets e smartphones pode ser baixado gratuitamente nas lojas Google Play (Android) e Apple Store (IOS). Por meio dele, é possível acompanhar os dados de cada município com a indicação dos eleitos ou dos que foram para o segundo turno (no caso dos municípios com mais de 200 mil habitantes). Os resultados do primeiro turno serão divulgados a partir das 17h (horário local) do dia 2 de outubro.
App Boletim na Mão
Outra possibilidade é via aplicativo “Boletim na Mão”, também disponível para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store. A ferramenta permite que o resultado do pleito municipal de 2016 seja conferido por meio do código QR – um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica.
“Assim que acaba a eleição, o resultado da votação já é público. A urna emite o Boletim de Urna (BU), que o eleitor pode conferir no próprio local de votação. Agora, com o QR-Code, ele vai poder escanear uma cópia do BU e levar para casa o resultado da sua seção eleitoral no seu aparelho celular. Com a cópia do BU em mãos, o eleitor pode conferir no site do TSE se aquele boletim foi totalizado pelo Tribunal”, esclarece o chefe da Seção de Voto Informatizado do TSE, Rodrigo Coimbra.
DivWeb
O DivWeb apresenta o mesmo conteúdo do aplicativo “Resultados”, mas permite ao usuário acompanhar a apuração do resultado das eleições pela internet, sem necessidade de instalação de qualquer software adicional em seu computador.
De acordo com Júlio Valente, “a divulgação de resultados acontece em tempo real durante o recebimento dos dados. Os resultados são recebidos por meio de arquivos que saem das urnas eletrônicas e são recebidos pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Nesses tribunais, ocorrem as totalizações de tempos em tempos. Cada totalização é compartilhada por meio de conteúdo na internet”.
JC/LC

Fonte - página do TSE

Dia nacional de luta, mobilização contra o Governo Temer

terça, 27 DE SETEMBRO DE 2016 11:37 SINASEFE
E-mailImprimirPDF
DiasdeParalisacao 29 09 16Em Assembleia Geral, realizada nesta segunda (26/09), os servidores da base do SINASEFE IFPA, ETRB e CIABA deliberaram pela adesão ao Dia Nacional de Paralisação e Mobilização marcado para quinta-feira, 29, e também decretou o ESTADO DE GREVE na categoria.
A mobilização foi convocada pelas centrais sindicais para seguir firme e forte nas lutas contra o PLP 257/2016, contra a PEC 241/2016, contra a reforma previdenciária, contra a reforma trabalhista e previdenciária, contra o PL "Escola Sem Partido" e contra o governo golpista e ilegítimo de Michel Temer.
Ato Público
Em Belém, o Sindicato vai promover mais um Aulão da Cidadania em frente ao portão principal do IFPA - campus Belém, a partir das 8h. Docentes, técnico-administrativos e estudantes estão convocados a comparecer em peso para engrossar as fileiras de resistência da classe trabalhadora à famigerada política de ajuste fiscal e para barrar a reforma do ensino médio.
Campi do IFPA
A Diretoria Executiva da Seção Sindical solicita aos servidores que enviem para o e-mailsinasefepa@gmail.com ou para o whatsapp (91) 9133-9595 fotos e vídeos da paralisação em cada local de trabalho.
Fonte: SINASEFE IFPA, ETRB e CIABA.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Eleições 2016: PSOL é a alternativa de mudança diante dos três nomes


Finalizamos a Série Eleições 2016: Coligações Proporcionais (Vereadores) com o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL/50) nascido da dissidência política com o PT, propõe o “Socialismo com democracia, como princípio estratégico na superação da ordem capitalista”. O PSOL foi à primeira agremiação partidária de Marabá a ter os registros de candidaturas deferidos de seus militantes pelo sistema do (TSE).

O PSOL, considerando a densidade eleitoral dos seus/suas membros/as e os princípios do partido, em Marabá não fez coligação, vem puro sangue e se propõe a fazer a defesa de um amplo programa que prevê mudanças radicais para políticas públicas. Neste sentido, confiando fazer o quociente partidário e conseguir eleger um vereador, o partido lançou treze (13) nomes e aguarda um bom debate em torno de ideias. Lembrando que na eleição de 2012 foi de 5.269 votos (coeficiente) para dar direito a uma vaga. O PSOL com PSTU chegou a 1.166 votos.

Adicionar legenda
O candidato a prefeito é PROFESSOR RIGLER– docente da Universidade Federal do Sul de Sudeste do Pará (UNIFESSPA), é natural de Belém (PA), iniciou sua militância política na região no município de Parauapebas onde também foi professor. Na eleição passada foi candidato a deputado federal e obteve 542 votos, tem como vice o advogado Elho Araújo, também do PSOL.


NO PSOL AINDA EXISTEM OS/AS CANDIDATOS/AS PERSISTENTES NA POLÍTICA QUE VÃO TENTAR MAIS UMA VEZ, ACREDITANDO AMPLIAR OU MANTER A VOTAÇÃO:

O Conselheiro Tutelar GEORGETOWN Pinheiro Rodrigues – licenciado em História, e pós-graduado em metodologia do de Ensino História, casado pai de três filhos, nascido e criado no Bairro Francisco Coelho mais conhecido como “Cabelo Seco”. Iniciou a vida profissional como cobrador de ônibus da empresa de transporte público coletivo Transbrasiliana. Na defesa dos trabalhadores/as foi eleito quatro vezes para Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), participou como testemunha de processos judiciais em prol de motoristas e cobradores.

Em 2010 ampliou sua militância política para área da infância e juventude, sendo eleito Conselheiro Tutelar de Marabá. Onde tem atuado de forma exemplar para que as crianças e adolescentes tenha acesso garantido a educação, saúde, assistência social e profissionalização. Bem como o combate aos maus tratos, abusos e exploração sexual.
Para vereador foi o mais votado do PSOL em 2012 com 224 sufrágios e reeleito conselheiro tutelar com 690 votos, o segundo mais votado. 

Propostas de Georgetown para uma Marabá Melhor: ampliação da oferta de vagas na Educação Infantil; Fiscalização do Executivo para correta aplicação dos recursos financeiros; projetos de capacitação profissional; valorização dos/as funcionários do transporte público urbano; implantação da Casa de Apoio dos/as Agricultores/as; ampliação dos espaços esportivos incluindo os esportes radicais; implantação do Orçamento da Criança e do Adolescente (OCA); apoio a eventos culturais; estimular a iniciativa privada a fazer doações para o Fundo da Criança e do Adolescente de Marabá (FIA). Entende que “viver é lutar. É hora de mudar”.

O mototaxista EMÍDIO NUNES ou MINGAU – este apelido recebeu na infância por colegas que presenciava sua mãe lhe alimentando com uma “papinha”, solteiro e pai de filhos, cursando do curso de Serviço Social na Universidade Paulista (UNIP), exerce a profissão de mototaxista, faz parte do SIMDIMOTO, coordenador da FENAMOTO (Federação Nacional), atualmente sou suplente do conselho tutelar e também conselheiro fiscal do Conselho Escolar da Escola "Jarbas Passarinho "São Félix Pioneiro. Já disputou várias eleições dentre elas às Associações de Moradores da Folha 33, e do Residencial Tocantins. Participante ativo, de quase todos os movimentos sociais, desde 2009 até agora somadas mais de 50 (cinquenta) mobilizações nossas, dentre elas fechamentos de ruas, rodovias estaduais e federais, e até ferrovias, só chegamos a fazer isso porque infelizmente não somos ouvidos. Também já fizemos várias denúncias soma mais de 220 (duzentos e vinte) na impressa, local, regional, estadual e até nacional. Destaque: Ação no Ministério Público Federal (MPF) solicitando o Viaduto da Folha 33 e Ação no Ministério Público Estadual (MPE). Além abaixo-assinado cobrando e exigido punição pro gestor municipal, porque não está fazendo cumprir a lei federal dos mototaxistas.  Já foi candidato a vereador em 2012 obteve 129 sufrágios e para deputado estadual em 2014 teve 615 votos em Marabá.
Propostas para o mandato de Emidio voltadas principalmente para a categoria dos MOTOTÁXI: lei para que cada moto táxi possa indica seu auxiliar; criação de 10 (dez) pontos modernos, incluindo sala de descanso; criação do restaurante e oficinas de autopeças a preços baixos em parceria do poder público, entidades de classes e iniciativa privada; criação da sede campestre para atividades esportivas, sociais; fiscalização continua dos transportes irregulares (clandestinos) com acompanhamento das entidades; parcerias para comerciais (campanhas publicitárias) nas televisões, rádios, jornais escritos e outros meios de comunicação incentivando o uso do transporte legalizado e equipamentos de segurança; aumento para 08 (oito) anos tempo de uso da moto; manter uma mesa permanente de discussões do poder público com as entidades representativas de classe; criação de um centro de acompanhamento para as famílias dos companheiros que esteja passando por necessidades (psicológicas, financeiras e outras).


PROPOSTAS PARA OS RESIDENCIAIS POPULARES DOS NÚCLEOS SÃO FÉLIX, E MORADA NOVA:  compromisso de Lutar na câmara municipal por: construção de um Posto de Saúde em cada Residencial; construção de Creches e Escolas de Ensino Fundamental; criar mais linhas de ônibus para circular dentro dos residenciais integrando aos demais núcleos urbanos; coleta de lixo regular e o eficiente;  funcionamento do esgotamento sanitário; construção de espaços de lazer; melhorar o abastecimento de água dos residenciais; implantação de postos da Guarda Municipal nos residenciais com apoio e infraestrutura necessária para bom serviço segurança. Mesmo com problemas familiares tem mantido a campanha. Pautado na luta por justiça social, pela defesa da natureza e por um mundo mais fraterno e solidário. “Fé no que virá”.

Otávio Barbosa
O servidor público estadual OTÁVIO BARBOSA – com atuação na Companhia de Saneamento do Estado do Pará (COSANPA), sociólogo, sindicalista com atuação no Sindicato dos Urbanitários, ainda no PT foi candidato em 1996 obteve 215 votos, na de 2000 chegou a 252 sufrágios, ainda foi candidato a federal em 2010, e na última eleição para vereador teve 122 eleitores/as. Marabaense, conhecido como Tatá tem como principal base eleitoral a Marabá Pioneira onde tem feito a campanha com material gráfico, reuniões e criativa e ecológica bicicleta som e a Universidade Federal. “Sempre na luta!”.

O comerciante RAIMUNDO de Sousa Gonçalves – maranhense de Bacabal, com base eleitoral no bairro Liberdade, em 2012 obteve 53 sufrágios.


O PSOL AINDA TEM OS/AS CANDIDATOS/AS MARINHEIROS/AS DE PRIMEIRA VIAGEM NAS URNAS:

Elitis Suzana
A servidora pública municipal ELITIS SUZANA  - estudante do curso de matemática, moradora da Folha 11, no bairro Nova Marabá há 06 anos, recentemente comecou a trabalhar como tecnóloga em saúde pública, convocada no concurso público realizado pela Prefeitura de Marabá em 2010, após 05 anos de espera e uma mobilização que durou 08 meses para assegurar nossos direitos à nomeação. Sentiu na própria pele o quanto é danoso o desrespeito dos políticos com o povo. Aceitou ser candidata por acreditar em outra forma de fazer política, pois, as atuais práticas que vemos hoje nos jornais afastam o povo da política, deseduca as pessoas e fortalece a corrupção. É necessário adotarmos novas práticas e concepções que valorize a participação coletiva, que utilize o mandato de vereador a serviço da população e não como os atuais vereadores/as fazem, como se fosse um negócio particular. Nossa cidade se encontra em completo abandono por conta, justamente da omissão dos vereadores durante o governo desastroso da administração atual de Marabá. A partir da necessidade de mudar essa realidade é que apresento meu nome para vereadora para lutar por: Implementação de estratégias voltadas para mulheres; Lutar contra a criminalização dos Movimentos Sociais; Lutar pela mobilidade urbana, ampliando linhas de ônibus para todos os bairros de Marabá; Lutar por Saúde pública de qualidade; Educação pública de qualidade; Lutar pela qualificação e valorização dos servidores públicos; Pela realização de novos concursos públicos. “Pela qualidade do serviço público”.

A cozinheira ELIZANGELA de Souza Dias.

O vigilante HÉLIO SILVA. 

O servidor pública municipal LIMA SHOW – cujo nome civil é Elismar Lima Ribeiro. 

A professora do ensino fundamental NAIDE PACHECO - esposa do candidato a prefeito Rigler, tem atuação com movimento de mulheres e na Universidade Federal (UNIFESSPA).

O PROFESSOR RICARDO Fernandes Inácio - na juventude atuou nas lutas estudantis pela União dos Estudantes de Marabá (UNEMAR), motorista da UEPA e professor do ensino fundamental, formado em Letras pela UFPA – Campus Marabá, para deputado estadual em 2014 obteve 86 votos, atual presidente do PSOL. Suas principais bases eleitorais é Folha 29 onde reside e a Universidade Federal. 

A sindicalista PROF. JOYCE REBELO -com atuação no Sindicato dos/as Trabalhadores/as da Educação Pública do Estado Pará (SINTEPP), formada em Letras pela UFPA – Campus Marabá. Foi candidata a vice prefeita em 2008 junto com Manoel Rodrigues obteve 912 sufrágios. Como uma boa paraense sua música de campanha é uma brega bem animado. Propõe “uma Câmara de luta”.

O professor TIBIRICA – cujo nome oficial Felix Urano Gama de Souza, atua no Ensino Fundamental na área de Artes, combativo companheiro em várias trincheiras sobretudo no Sindicato dos/as Trabalhadores/as da Educação Pública do Estado Pará (SINTEPP) Sub Sede Marabá nos anos 80 e 90, foi candidato a prefeito em 2008, mas tivera problema com a prestação de contas e os dados não aparece no site do TSE. Defende “Nenhum direito a menos”.

O mototaxista XUXA MOTOTAXI – cujo nome civil é Sebastião dos Santos, mineiro de Novo Cruzeiro, atua no transporte alternativo de passageiro de onde origina seu apelido.

Pelo o histórico de votação do partido, só se ocorrer um milagre, a avaliação é que esta coligação não consegue atingir o coeficiente para ter direito a uma vaga na Câmara Municipal de Marabá

Eleições 2016: Coligação Mobilizando Marabá

A coligação MOBILIZANDO MARABÁ composta pelos partidos: PMN e PSC. Ambas as agremiações partidárias não têm tradição de eleger vereador, mas andaram bem próximo nas últimas eleições, estão unidos, para pela primeira vez na história política de Marabá tentando chegar a uma cadeira na Câmara. Com trinta e dois (32) nomes, e conseguirão uma vaga da CMM. Estão apoiando coligação majoritária “TODOS POR MARABÁ” com TIÃO MIRANDA (PTB) para prefeito.

 O candidato com melhor desempenho de campanha como possibilidade de ser uma nova revelação é o advogado ALDO MARANHÃO – marabaense, estudou o ensino fundamental na Escola Estadual Judith Gomes Leitão, e o ensino médio nas Escolas Estaduais Plínio Pinheiro e Acy Barros. Formou-se em Bacharelado em Direito pela Universidade Federal do Pará, Campus Marabá, atualmente exerce a profissão de advogado desde o ano de 2008. Neto de Dionor Maranhão que atuou como vereador da Câmara Municipal de Marabá por 8 anos, em duas legislaturas, de 1954 a 1962, pela antiga UDN. Em seu segundo mandato, ocupou o cargo de presidente da Casa, condição que lhe dava prerrogativa de assumir a Prefeitura durante as ausências do titular Nagib Mutran. Dionor chegou nesta cidade nos anos de 1930, tornou-se extrativista e soldado de borracha voltado a extração do caucho para o envio ao países aliados na II Guerra Mundial, e após essa fase manteve a sua ligação com o trabalho rural e passou a atuar no extrativismo da Castanha do Pará, e dessa forma passou a contribuir com a economia local ainda mais, pois ajudou a tornar Marabá o maior exportador de Castanha do Pará do mundo, e por essa razão foi homenageado denominando a Feira do bairro Laranjeiras.
 Aldo Maranhão tem como Propostas por uma Marabá melhor - defesa do Contribuinte e do Cidadão: Regularização fundiária urbana dos bairros em Marabá; criação do IPTU social e IPTU verde / ecológico; Meio Ambiente e da Vida -  Propor a criação do Parque Ecológico no treco do acesso a Marabá Pioneira; Implantação de ciclovias com investimentos da iniciativa privada, através de parcerias; Melhorias no trânsito de Marabá através de adequações por meio de planejamento urbano e de engenharia de trânsito/tráfego;       Melhorias no transporte urbano em Marabá, por exemplo: a exigência de refrigeração dos ônibus de transporte coletivo urbano, a criação de novas linhas de ônibus e a inclusão de micro-ônibus para circular nos bairros que não são assistidos por transporte coletivo; criação de uma comissão de fiscalização para a saúde e educação em Marabá, em razão da situação crítica que se encontram; criação de uma comissão permanente na Câmara Municipal de Marabá para fiscalizar contratos e convênios da prefeitura na área de saúde, com a finalidade de identificar possíveis irregularidades.  Políticas Públicas para idosos, pessoas com deficiência e Acessibilidade - criação de um Centro de Acolhimento Permanente ao Idoso; Exigir o cumprimento da lei garantido a acessibilidade para as pessoas com deficiência em Marabá, além de melhorar a vida de quem tem problemas de locomoção como idosos, mulheres grávidas, investindo nas melhorias dos passeios públicos da cidade. Política Antidrogas - criação de um Centro de Acolhimento Provisório para a recuperação de dependentes químicos, com acompanhamento de profissionais da saúde e educação para que o cidadão possa retornar ao convívio social, com a participação das entidades organizadas, universidades, especialistas, religiosos e demais interessados no tema. Política de Infraestrutura, desenvolvimento urbano e geração de empregos – Projetos de investimentos e fomento para a implantação de indústrias no Município de Marabá que podem gerar empregos de forma permanente, devido a comprovado prejuízo dos empregos gerados pelos grandes empreendimentos que não conseguem se manter por um longo período na cidade de Marabá, ocasionando grande volume de demissões e criação de bolsões de miséria. (Criação de fábricas de confecções, biscoitos, botas, equipamentos de segurança etc...); Propor a criação de um Programa de parcerias público-privadas, em diversas áreas, tais como, saúde, educação, transportes, saneamento, segurança pública, habitação, energia, esporte e lazer, dentre outras. Se propõe na perspectiva “Renova Marabá”.
(Texto Blog do Rebojo)

domingo, 25 de setembro de 2016

Quadro eleitoral no Pará: os partidos em disputa

Fonte Blog Sol de Carajás

Imagem de domingo

Eleições 2016 - coligação Um Novo Tempo

 
 
  O Partido Pátria Livre (PPL) apresenta 09 (nove) candidatos/as.  O candidato com JÁDER SANTOS que atua em uma Associação de defesa do consumidor, exerce a função conselheiro tutelar “na luta pelo direito da criança e adolescente”. Tem como base eleitoral as Folhas 15 e 23.
 PHS
 O Partido Humanista da Solidariedade (PHS) apresenta 09 (nove) candidatos/as.  O candidato com mandato atualmente é o o vereador ILKER MORAES - marabaense, com formação na área Agropecuária e Administração de Empresas, iniciou sua vida profissional na Cooperativa de Prestação de Serviços – COPSERVIÇOS, realizando Assistência Técnica e Extensão Rural. Experiência que lhe permitiu em 2007, montar a própria empresa a Agroatins Carajas - serviços de agronomia e consultoria as atividades agropecuárias e sociais, que firmam convênios com INCRA e MDA, para atendimento de agricultores familiares da região, elaborando e acompanhando projetos sociais e ambientais. O parlamentar é novo na política partidária se candidatou a primeira vez em 2012 e obteve 846 votos. Assumiu o mandato como suplente, tem feito um destacado trabalho no legislativo município. Está com campanha concentrada na Marabá Pioneira, Laranjeiras e áreas rurais de Marabá.
 PROS
O ex-vereador FERREIRINHA – casado com atuante delegada Sílvia Mara,  começou a vida pública em 1992 pelo PSDB tendo sido eleito a primeira vez com 395 votos tendo como base seu trabalho no esporte. Na de 1996 foi reeleito com 1.021 votos (o mais votado). No pleito de 2000 reeleito com  1.490 (o mais votado de novo – se consagrando campeão de votos). Presidente da Câmara por diversas vezes.   Em 2004 pelo PTB obteve 2.148 votos (terceiro lugar). Foi homem forte no governo de Tião Miranda. 2008 foi candidato a vice-prefeito pelo PSB na chapa de Bernadete (PT) obtiveram 20% da votação. Foi Gerente Regional do Centro Integrado de Governo em Marabá. Em 2010 candidato a deputado estadual pelo PT com apoio da Governadora Ana Júlia chegou. 2012 tentou voltar a Câmara no partido de Maurino Magalhães e teve 825 sufrágios. Presidente do Águia Futebol Clube, que além do esporte profissional, tem um trabalho com as crianças. Vem com toda força “um voto para vencer”.
 
O vereador LEODATO MARQUES - Pastor da Igreja Assembleia de Deus, é bacharel em Teologia e licenciado em Pedagogia. Trabalhou nas profissões de comerciário e metalúrgico, buscou entrar na vida pública em 1992, ainda jovem obteve 161 votos para vereador, não desistiu e foi eleito em 1996 com 690 votos pelo PMDB. Depois assumiu parcialmente a cadeira por ser primeiro suplente: em 2000 com 796 sufrágios pelo PPB; No Partido Progressista (PP) em 2008 com 1.554 votos. Assumiu para um período de quase quatro anos a vaga do vereador Miguel Gomes Filho “Miguelito” que se licenciou para assumir o cargo de Superintendente de Desenvolvimento Urbano (SDU), no governo de Maurino Magalhães.
Em 2004 teve a expressiva votação de 1.620 eleitores/as lhe outorgando a titularidade do cargo. Em 2012 obteve 1.539 votos, e chegou pela quinta vez à cadeira de vereador. Ainda foi candidato em 2010 como suplente do Senador Paulo Rocha - PT, e duas vezes duas vezes para deputado estadual (1998 e 2014), a última no PROS chegou a 5.045 sufrágios  em Marabá.
Leodato tem uma história na administração pública municipal, exerceu os seguintes cargos:  Secretário de Assistência Social da Prefeitura  –  SEASP no Governo Geraldo Veloso 2001; Coordenador do  Serviço de Atendimento ao Cidadão (SACI) no Governo Tião Miranda de 2002 a 2004 tendo como principais ações: casamentos comunitários e emissão de documentos; Gestor Estadual  do Serviço de Atendimento ao Cidadão (Tá  na Mão) do  Governo do Estado do Pará; Secretário de Serviços Urbanos  –  SEMSUR/Urbanismo no  período de janeiro a junho de 2013 no Governo do prefeito João Salame Neto com quem se filiou no PROS. Vem animado para sua reeleição confiante no trabalho social e atuação na zona rural. Apesar dos diversos pastores e lideranças que resolveram serem candidatos. Tem como lema: “Fé, Determinação e Trabalho”.

Nota da Sociedade Brasileira de Sociologia



                                         A Reforma do Ensino Médio – 22 de setembro de 2016


A Sociedade Brasileira de Sociologia vem a público declarar seu posicionamento sobre a proposta de Reforma do Ensino Médio, apresentada no dia 22/09/2016 pelo Ministério da Educação ao Presidente da República, para ser implementada na forma de Medida Provisória. 
A proposta fere substancialmente a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, de 1996, pois modifica as exigências de conteúdos ali previstos, a formação de docentes requeridas para ministrar aulas nessa etapa da Educação Básica e a metodologia de pactuação das políticas educacionais prevista também na Constituição Federal de 1988. 
Note-se que a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão - PFDC/MPF publicou nota no dia 19 de setembro de 2016, alertando para o descumprimento da Constituição Federal de 1988. Diz a nota: “Contudo, a utilização do instrumento da Medida Provisória para tratar de tema tão sensível e complexo é temerário e pouco democrático. As mudanças a serem implementadas em um sistema que envolve 28 redes públicas de ensino (União, Estados e Distrito Federal) e ampla rede privada precisam de estabilidade e segurança jurídica, o que o instrumento da Medida Provisória não pode conferir, uma vez que fica sujeito a alterações em curto espaço de tempo pelo Congresso Nacional. Ademais, por se tratar de tema que envolve milhares de instituições públicas e privadas, centenas de organizações da sociedade civil e milhões de profissionais, imaginar que um governo pode, sozinho, apresentar uma solução pronta e definitiva é uma ilusão incompatível com o regime democrático. Mais que inefetiva, a apresentação de soluções fáceis para problemas complexos é um erro perigoso.” http://www.mpf.mp.br/pgr/noticias-pgr/pfdc-lanca-nota-publica-sobre-riscos-de-reforma-do-ensino-medio-por-meio-de-medida-provisoria
Concordamos com o Movimento Nacional em Defesa do Ensino Médio que alerta para a radical alteração proposta pela MP em questão quanto ao caráter da Educação Básica, em que o Ensino Médio figura como a última etapa a completar a formação escolar de onze anos. Trata-se, portanto, de mudança de concepção que tem consequências em todo o sistema de ensino. Desrespeita todo o aparato legal construído nos últimos vinte anos, por meio de muito debate e esforço de elaboração democrática, tais como as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica, as Diretrizes Curriculares para o Ensino Médio, as Diretrizes Curriculares para Formação de docentes para a Educação Básica e assim sucessivamente tudo que decorreu dessa arquitetura legal e legítima. 
Solicitamos ao MEC a revogação imediata da MP e diálogo transparente e democrático com a sociedade, por meio das escolas, entidades científicas, organizações representativas dos docentes e estudantes, enfim, com aqueles diretamente atingidos por essa reforma. Mudanças bruscas não contribuem com a ordem democrática, ao contrário geram instabilidade e insegurança num momento em que mais se precisa de confiança política.